Skip to content

Reporte de Campanha #20 Rage of Demons [Out of the Abyss] 2018 – Final Parte 1 de 2

julho 12, 2018

Continuando a campanha…

GRUPO:

Azar Siannodel, meio-elfo warlock (e seu corvo Nevar)
Broham Collumbellis, anão bardo
Kaleb Vetran Rubio, humano feiticeiro
Torash Drancear, dragonborn paladino

RESUMO DOS ACONTECIMENTOS:

Grin Ousstyl, o ajudante de Vizeran DeVir, entrega ao grupo o ingrediente final: o grimório de Gromph Baenre – roubado de Menzoberranzan;

Basidia de Neverlight Grove avisa o grupo que Zuggtmoy está indo para se casar com Araumycos, o tempo urge;

– O ritual se inicia e o grupo precisa lidar com um Balor que veio do abismo, atrapalhando a preparação de Vizeran.

– O grupo decide então colocar o talismã Dark Heart em Gracklstugh, onde os lordes demônios são atraídos e começam uma verdadeira guerra entre si;

Orcus vence Demogorgon, agora o lorde demônio solta um rugido de vitória enquanto ele observa o campo de batalha procurando um próximo alvo;

Anúncios

Reporte de Campanha #19 Rage of Demons [Out of the Abyss] 2018

julho 5, 2018

Continuando a campanha…

GRUPO:

Azar Siannodel, meio-elfo warlock (e seu corvo Nevar)
Broham Collumbellis, anão bardo
Kaleb Vetran Rubio, humano feiticeiro
Torash Drancear, dragonborn paladino

RESUMO DOS ACONTECIMENTOS:

– Os personagens precisam reunir os ingredientes para o ritual de Vizeran, os locais indicados
para visita são: os túneis Wormwrithings, as cavernas difíceis de navegar chamadas de
Labyrinth e a cidadela drow Menzoberranzan;

– O grupo divide os aliados e envia uma parte para Wormwrithings, enquanto segue para o
Labyrinth, no caminho, enfrentam um beholder;
– O Labyrinth é um inferno de navegar, porém todos se mantém unidos. Eles encontram o
demonlord Yeenoghu juntamente com um bando de gnolls e hienas devorando um goristro.
Utilizando o poder da ilusão de Azar e o poder de moldar rocha de Kaleb, eles passam ilesos.

– No fim do caminho, eles encontram sobreviventes da superfície refugiados em uma espécie
de “favela da Underdark” e resolvem ajuda-los, em troca, eles descobrem uma caverna onde 8
anjos caídos estão petrificados, destinados à passarem a eternidade ali.

– Conseguindo metade dos ingredientes, os personagens deixam o Labyrinth, seguindo direto
para Menzoberranzan, passando por Gracklstugh, Darklake e Mantol-Derith.

– Os refugiados ficam em Mantol-Derith (com acesso para a superfície) e o grupo se encontra
com os aliados sobreviventes da outra missão. Agora resta apenas o grimório de Gromph
Baenre, localizado na torre Sorcere, em Menzoberranzan. O fim se aproxima.

Reporte de Campanha #18 Rage of Demons [Out of the Abyss] 2018

junho 21, 2018

Continuando a campanha…

GRUPO:

Azar Siannodel, meio-elfo warlock (e seu corvo Nevar)
Broham Collumbellis, anão bardo
Kaleb Vetran Rubio, humano feiticeiro
Torash Drancear, dragonborn paladino

 

RESUMO DOS ACONTECIMENTOS:

– Os personagens viajam até o lar de Vizeran e no meio, o efeito da faerzress na Underdark faz eles ficarem presos no meio do caminho com 3 demônios;

– Chegando à torre Araj, eles são recebidos por Vizeran e seu aprendiz, lá eles discutem o plano: reunir alguns ingredientes para realizar um ritual que colocará os lordes demônios em um só lugar, uns contra os outros;

– Os personagens voltam para Gauntlgrym e se encontram com seus aliados das facções para começarem a busca pelos ingredientes para criar o talismã Dark Heart do ritual;

Maneiras de Recompensar Seus Jogadores de RPG

junho 19, 2018
tags: , ,

Obviamente, a melhor maneira de recompensar seus jogadores de D&D pela participação é ter um bom jogo pronto. Mas quando você encontrou um bom grupo e quer se aprofundar para melhorar a experiência, aqui estão alguns métodos para recompensar seus jogadores. Alguns são específicos do mestre, mas outros podem ser aplicados a qualquer jogador ou a todo o grupo.

RECOMPENSAS NARRATIVAS PARA UMA BOA ANOTAÇÃO

Prestar atenção é sua própria recompensa, mas um mestre pode ajudar a encorajar os jogadores a fazerem boas anotações jogando pequenos detalhes que compensem muito mais tarde. O nível de detalhamento que os anotadores devem buscar depende em grande parte de quão intrincada a campanha é, mas isso pode treinar os jogadores a reconhecerem que recordar detalhes pode ajudar a evitar muitos problemas e até mesmo salvar vidas.

Na minha opinião, todo jogador deve tomar algumas notas em vez de fazer uma pessoa fazer isso. Se várias pessoas fizerem anotações, há uma chance maior de mais detalhes serem registrados em geral e um jogador pode pegar algo que outro perdeu.

CRIAR ITENS PERSONALIZADOS

Muitos Mestres criam itens mágicos, armas ou outros equipamentos especiais destinados a personagens específicos em seu jogo. É preciso mais esforço do que simplesmente extrair algo do Guia do Mestre, mas pode adicionar muito peso dramático ao que, de outra forma, poderia ser um teste genérico para algo na tabela de itens mágicos.

Um item personalizado pode ser seu presente legal e atencioso para o jogador e personagem. Também pode ser hilário e / ou tragicamente amaldiçoado, ou alguma combinação de todas essas coisas. Se você não tem muita experiência em inventar itens mágicos, pode ser necessário mexer com alguns deles para garantir que sua criação não seja muito poderosa e não cause muitas consequências indesejadas, mas isso é parte da diversão.

CRIAR ITENS REAIS

Aqui está uma que você pode fazer, independentemente de você ser um jogador ou um mestre! Se você gosta de fazer artesanato, pode dar um passo além e criar objetos reais para seus jogadores usarem como adereços ou lembranças de sua campanha. Isso pode significar fazer uma réplica de uma arma que um personagem carrega ou apresentar seu player com uma versão vestível de uma das peças ou acessórios exclusivos de seu personagem.

COMPRAR ITENS PRONTOS

Para aqueles de nós que não são particularmente habilidosos no artesanato, contratar alguém com as habilidades necessárias para fazer esses itens pode ser tão significativo quanto. Muitos artistas estão dispostos a aceitar desenhar um personagem de D&D baseado em uma descrição detalhada. Outros artesãos, como joalheiros, operários de couro e ferreiros, costumam ficar felizes em receber de maneira semelhante. (Pode ser caro, mas isso é de se esperar. Afinal, eles investiram tempo, esforço e dinheiro para conseguirem ser bons em suas artes, e merecem ser pagos justamente pelo trabalho deles.)

Se você não quiser fazer ou pagar por tudo isso sozinho, poderá transformá-lo em uma atividade de grupo. Então todos podem obter exatamente o que querem e financiar eles mesmos, mas isso é parte de uma iniciativa da qual todo o grupo participa. Não precisa ser nada extremamente elaborado.

ENCONTRE OPORTUNIDADES PARA PERSONALIZAR EXPERIÊNCIAS

Além de personalizar objetos para personagens, um mestre também pode personalizar as experiências dos personagens. Eu vi um grande exemplo disso recentemente, quando meu grupo teve que jogar testes de sabedoria ou ser afligido pela loucura. Em vez de fazer com que os jogadores afetados rolassem por opções aleatórias na tabela de efeitos de loucura, nosso Mestre escolheu efeitos especificamente direcionados para cada membro antes do jogo e os escreveu em cards. Isso tornava os efeitos mais pessoais, então as ramificações poderiam ser muito mais perturbadoras, o que era encantador. Estou sinceramente um pouco triste por ter feito minha sabedoria salvar dessa vez porque ainda estou curioso sobre o que teria acontecido com meu personagem.

Tem alguma visão pessoal sobre esses métodos? Histórias sobre como eles ajudaram o seu jogo – ou foi terrivelmente errado? Me conte nos comentários!

CRÉDITOS: Texto original em inglês, contribuição de Annie Bulloch para o site EN World.

[D&D 5E] Unearthed Arcana: Giant Soul Sorcerer

junho 15, 2018

No Unearthed Arcana deste mês, a Wizards of the Coast traz um novo arquétipo para feiticeiros: uma origem arcana que vêm de um reino das fábulas de gigantes chamado Ostoria. Tenha a alma de um gigante! Clique aqui para visualizar o PDF.

Reporte de Campanha #17 Rage of Demons [Out of the Abyss] 2018

junho 14, 2018

Continuando a campanha…

GRUPO:

Azar Siannodel, meio-elfo warlock (e seu corvo Nevar)
Broham Collumbellis, anão bardo
Kaleb Vetran Rubio, humano feiticeiro
Torash Drancear, dragonborn paladino

RESUMO DOS ACONTECIMENTOS:

– Guiados pelo anel de Ghazrim DuLoc obtido em Mantol-Derith, o grupo chega até a lendária biblioteca de Gravenhollow após lidar com um grupo de mind flayers (devoradores de mentes).

– Lá eles são recebidos pelo basilisco Veldyskar que os apresenta para os gigantes de pedra que ajudam a escrever a história da Underdark: Ulthar (passado), Urmas (presente) e Ustova (futuro).

– Investigando sobre os lordes demônios, eles encontram com o drow Vizeran DeVir e seu guarda-costas Kleve.
Vizeran explica que o ritual de um drow chamado Gromph Baenre é a causa de todo o caos e que ele tem um plano para banir os demônios, mas precisa de ajuda para realizá-lo.

– Agora o grupo segue em rumo à Araj – a torre do mago Vizeran para discutir melhor sobre como agir.

Reporte de Campanha #16 Rage of Demons [Out of the Abyss] 2018

junho 7, 2018

Continuando a campanha…

GRUPO:

Azar Siannodel, meio-elfo warlock (e seu corvo Nevar)
Broham Collumbellis, anão bardo
Kaleb Vetran Rubio, humano feiticeiro
Torash Drancear, dragonborn paladino

RESUMO DOS ACONTECIMENTOS:

– O grupo chega ao posto de comércio Mantol-Derith guiados pelos zhentarim.

– Lá eles percebem como o local é perigoso e sem leis; confusões, roubos, traição e assassinatos são comuns.

– Buscando informação e chegando ao distrito dos zhentarim, eles presenciam um combate: drows VS. zhentarim. Ghazrim DuLoc acaba ferido gravemente, porém é ajudado pelos personagens e assim eles conseguem um anel que irá guiá-los até a biblioteca Gravenhollow.

– No meio do combate, Azar persegue um gárgola dos drows que fugia com uma grande gema; ela acaba caindo no Darklake;

– O grupo bola um plano onde Broham Collumbellis usa Polymorph e se transforma numa baleia indo buscar a gema localizada pelo Torash – ele escapa por pouco sem ar e dos perigos das profundezas…

– Todos menos Azar são afetados pelo efeito da gema e agora sofrem de loucura;