Skip to content

D&D 3.5 x Pathfinder – As Diferenças

maio 24, 2014

dnd_pathfinder

Foi após a transição D&D 3.5 para o 4.0 que Pathfinder surgiu como um “D&D 3.75” acolhendo o público que se decepcionou com as mudanças.Inclusive até o autor da WotC Monte Cook foi para o grupo da Paizo. Pode ser tarde demais, mas afinal o que mudou?

CLASSES E RAÇAS

Os dois sistemas possuem exatamente as mesmas disponíveis. Porém, existem algumas diferenças entre elas.

As maiores direnças que pude notar são nas classes: Feiticeiro, que agora recebe poderes extras através da sua “linha de sangue” e o Guerreiro que recebe mais vantagens a cada novo nível.

PERÍCIAS

As perícias foram simplificadas, num esquema muito semelhante ao que foi feito na 4E. Exemplo: Observar, Ouvir, Procurar viraram Percepção.

“UPANDO”

Pathfinder apresenta opções de XP para um jogo com avanço de níveis mais lento ou mais rápido. Além disso, ele evita ao máximo aqueles níveis nas classes onde o personagem não recebe nenhuma nova habilidade.

TRESPASSAR “BRUTAL”

Agora este talento de guerreiro não precisa mais matar o alvo para poder realizar um novo ataque, um acerto já é o suficiente e o número de alvos é indefinido, se eles estiverem dentro do alcance.

MAGIAS

Muitas magias 3.5 foram reformuladas no Pathfinder. Exigências de testes contra a morte foram trocadas por penalidades severas.

CUSTOS DE EXPERIÊNCIA

Magias de criação de itens e afins que custavam XP foram removidas. As vezes, uma quantia em ouro é o equivalente.

MANOBRAS DE COMBATE

Agarrar, desarmar e investida foram adaptadas num sistema de manobras de combate. Os testes são feitos assim: CMB x CMD (Combat Maneuver Bonus x Defense), se o número passar o valor de defesa do inimigo, a manobra foi bem sucedida.

LIVROS

A princípio, Pathfinder veio com o Core Rulebook com a idéia de trazer as regras necessárias para se jogar ocupando o lugar dos 3 livros básicos da 3.5 (Livro do Jogador, Livro do Mestre e Livro dos Monstros). Mas com o tempo, a necessidade se fez maior e trouxe o Bestiary e GameMastery Guide ao Pathfinder, igualando tudo no básico.

Atualmente, os .pdf’s ajudam dando suporte ao sistema, alguns são grátis.

CONCLUSÃO

D&D 3.5 foi e ainda é um dos melhores sistemas de RPG já criados até hoje, a 4E foi um deslize da Wizards que está tentando consertar isso com a 5E.

Enquanto Pathfinder aproveitou a brecha e conseguiu entrar na mercado e até superar em números a concorrente.

O sistema realmente pode ser considerado um upgrade do “3.5”. Mas se você ainda tem o D&D, Pathfinder pode ser dispensável, a não ser que você queira continuar tendo suporte ao seu jogo.

Ou pode ainda tentar a 5E…

E você anda jogando o que?

 

Anúncios
6 Comentários leave one →
  1. maio 25, 2014 10:41 pm

    Savage Worlds. Pretendo voltar ao D&D com a nova edição.

  2. maio 26, 2014 2:27 pm

    GURPS 4.0 — Só me interesso pelos suplementos destes sistemas. Dungeons & Dragons ter o melhor sistema?! É muito difícil. Tem sim os melhores suplementos e cenários dé campanha!! Ah se tem!! Mas regras, jamais… No máximo, legalzinho…

    • Edu Trevisan permalink*
      maio 27, 2014 1:48 am

      Realmente no quesito ‘Lore’, o D&D dá um show! 🙂

  3. Luis Felipe permalink
    maio 27, 2014 4:44 pm

    Eu quero que me expliquem os problemas com o D&D 4.0? Eu comecei a jogar RPG recentemente com ele msm e estou gostando muito.

Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: