Skip to content

1d20 Dicas p/ Melhorar A Interpretação Na Mesa de Jogo

abril 26, 2014

roleplay table01.Pense no seu personagem não só como ele combate ou lança suas magias, mas sim, no seu dia-a-dia como uma pessoa normal vivendo naquele mundo de jogo. Quais seriam seus sonhos? Motivações? Relações com amigos e familiares? Gostos? Aparência física? Etc…

02.Crie um bom background para seu personagem, a história de seu passado, o motivo dele pensar como pensa agora, o que o levou a ter essas motivações, onde ele arrumou suas cicatrizes, como e com quem aprendeu a lutar, onde estudou magia… Nada de personagens órfãos, com amnésia e mudos.

03.Enquanto estiver jogando, não pense como jogador e sim como seu personagem: o que ele faria numa situação dessas? Um homem leal jamais trairia alguém, não importan a oferta. Um outro com instinto caridoso, iria parar para ajudar as pessoas, mesmo enquanto todos estejam fugindo de um monstro que destrói a cidade. Um diplomata não ofenderia seu pior inimigo. Etc…

04.Evite ao máximo o meta-jogo. Você pode saber qual a fraqueza de um monstro por experiência de campanhas passadas ou até mesmo por ter lido o livro dos monstros, mas o seu personagem não. Você pode saber como resolver a charada entalhada nas rochas, mas não se esqueça que está jogando com um meio-orc bárbaro analfabeto. Você sabe como desarmar aquela armadilha sem ela disparar, mas o seu personagem não. O grupo foi separado e um aliado corre perigo, você pode ver claramente ali no mapa, mas o seu personagem não faz a mínima idéia de onde ele esteja.

05.RPG é um teatro de mesa: crie características que definam o seu personagem na mesa, interpréte-o! Torne seu personagem memorável mudando a voz, fazendo gestos e ou cacoetes, invente frases únicas para cada situação que o personagem viva. EX: se o personagem for bem humorado, conte uma piada, mesmo que sem graça; interaja com os inimigos durantes os combates. Isso ajuda na imersão do jogo, muda o clima da sessão.

06.Não fique só calado no canto da mesa rolando os dados, fale! Pergunte coisas sobre o cenário para o mestre, converse e busque informações com os NPC’s, forme táticas de combate com o seu grupo, conte o que o seu personagem está pensando sobre a situação atual.

07.Novo personagem? Crie algo diferente. Não jogue só com humanos guerreiros ou só elfos magos. Saia dos estereótipos e se divirta mais.

08.Ouça e questione o mestre sobre o cenário e clima da campanha, troque idéias com o grupo na hora da criação de personagem.

09.Se possível, desenhe seu personagem ou procure por imagens que ilustrem como ele é. Apresente-o ao seu grupo.

10.Se possível, crie um pequeno conto sobre o seu personagem. Uma história passada, mesmo que apenas um parágrafo. Compartilhe com o seu grupo.

11.Evite o excesso de interpretação (sim isso pode atrapalhar também). “…então eu cruzo o campo de batalha pisando nas folhas secas do outono em direção aos inimigos enquanto tiro minha espada da bainha e desfiro um golpe preciso contra os malfeitores.” – “Eu ganho +2 de bônus? Olha eu tô batendo forte hein…”. Não tente moldar as regras com sua interpretação, adapte-a às regras.

12.Evite ficar pedindo testes toda hora para o mestre, é ele quem deve solicitá-los, quando julgar necessário. “Após derrotarem os guardiões, vocês adrentam os extensos salões de mármore em plena penumbra quando…” – “Posso fazer um teste de observar pra ver se eu vejo algum tesouro?“.

13.Interpretação não quer dizer “enrolação”, você não precisa interpretar toda conversa como a negociação no mercado ou a compra de uma cerveja na taverna… Faça somente com cenas importantes, diplomacia com um general, reunião com o rei, etc.

14.A interpretação pode ser utiliza durante os combates também, as vezes uma boa diplomacia pode evitar que muito sangue seja derramado. Ambos os lados podem entrar em um acordo ou aquele encontro é uma situação delicada que só pode ser resolvida com a conversa.

15.Seu personagem chegou ao fim? Ele teve uma morte digna? Talvez ele até aceite isso em favor de um propósito maior ou se sacrifique para salvar alguém que representa tudo para ele. Você também pode aposentá-lo quando achar que chegou a hora, ele cumpriu seus objetivos e agora é hora de recomeçar como outra pessoa ou até com o filho do próprio.

16.Mestre, incentive a interpretação na mesa. Se você chegar fazendo caras e bocas e mudando a voz enquanto faz a empregada da hospedagem, a primeira reação dos jogadores pode ser de risos e piadas, mas logo eles entrarão na sua e perderão a vergonha. Aí o jogo começa de verdade e acredite, a diversão será muito maior.

17.Mestre, promova situações na sessão que incentivem a interpretação e interação dos personagens dos jogadores com os NPC’s. Ex: O dono da taverna não permite a entrada do personagem elfo no local, algum bêbado desafia um dos personagens para um ‘braço de ferro’, um homem na rua dá uma cantada na personagem mulher dos jogadores, etc…

18.Mestre, dê recompensas aos jogadores por boa interpretação seja em XP, peças de ouro, reputação, etc… Você também pode criar um sistema de pontos de interpretação onde os jogadores podem utilizá-los para narrar o que acontece com seus personagens em algumas cenas.

19.Procure ler alguns livros ou contos de fantasia, isso melhorará o seu vocabulário, você aprenderá novas palavras e terá mais opções e senso de falas e interpretações durante as sessões. Vale também assistir filmes ou peças de teatro.

20.Jogue outros sistemas com outros temas, cenários e personagens. Um bom meio de incentivar o grupo são os sistemas de narrativa compartilhada onde ambos mestre e jogador podem narrar as cenas e acontecimentos. Um exemplo de jogo é o The Shotgun Diaries sobre apocalipse zumbi.

Anúncios
4 Comentários leave one →
  1. Anônimo permalink
    abril 28, 2014 4:18 pm

    Mto bom!!

  2. Anônimo permalink
    junho 17, 2017 3:37 pm

    Muito bom cara, bem completa, me ajudou muito

Trackbacks

  1. 1d20 Dicas p/ Evitar Momentos Tediosos na Sessão | Epic Kingdom RPG - Dungeons & Dragons

Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: