Skip to content

40 Anos de D&D: 40 Maneiras p/ Tornar Sua Campanha Cativante

abril 14, 2014

undead_city01.O básico para se criar uma boa campanha é a continuidade das aventuras. Termine a sessão de forma que crie um suspense, num momento crítico, despertando a ansiedade nos jogadores; mas nunca no meio de um combate. Assim, você os motivará a continuarem jogando as próximas.

02.A campanha deve ter uma boa história ou background do cenário e acontecimentos que envolverão os personagens dos jogadores.

03.Desenvolva um prólogo para introdução dos personagens ao mundo de campanha. Pode ser uma cena onde o grupo se conhece ou um rápido encontro com o vilão.

04.A campanha pode ter um tema, algo característico, o clima que se repetirá em todas as sessões até o seu fim.

05.Utilize os backgrounds dos personagens envolvendo-os na história da campanha, motivando assim também os jogadores.

06.Os jogadores devem sentir o avanço da história e a evolução de seus personagens conforme solucionam problemas e cumprem objetivos nas aventuras. As motivações dos personagens devem ser cumpridas até o fim.

07.Utilize mapas ou auxilie um jogador a elaborá-los. Evite descrições muito abstratas, deixe os jogadores sempre orientados da atual situação.

08.Não esqueça da passagem do tempo e do clima. Uma missão pode ser mais fácil de ser cumprir à noite do que durante o dia ou vice-versa. Os personagens também podem ter um tempo limite para resgatar alguém ou algo de ruim acontecerá. Criaturas surgem com a neve, etc…

09.A cada início de sessão, faça uma sinopse recapitulando os acontecimentos anteriores até o momento.

10.Mestre, elabore um diário de campanha, relatando os acontecimento importantes até o momento. Compartilhe com seus jogadores.

11.Aproveite a tecnologia, crie eventos em redes sociais convidando os jogadores para a próxima aventura, coloque ‘teasers’, imagens, vídeos, álbum de fotos das sessões, crie um blog e poste os reportes de sessão. Motive os jogadores a comparecerem sempre a mesa.

12.Pergunte-se: “O que diferencia esta campanha das outras?”. Uma campanha no cenário de Dark Sun é totalmente diferente de uma em Forgotten Realms.

13.Detalhe bastante, mas não crie tudo. Deixe que os jogadores contribuam com as idéias e seus personagens. Coloque questões, faça com que os jogadores as respondam com o avanço da história, mas não revele tudo de cara.

14.Toda campanha deve ter o vilão. Ele vai infernizar a vida dos personagens que só terão a chance de acabar com isso, depois de muito trabalho. O vilão nem sempre precisa ser uma pessoa, podendo também existirem diversos vilões.

15.Não utilize combates sem sentido, somente para os personagens “subirem de nível”. E quando o combate tiver uma importância maior, o encontro contra o vilão, por exemplo, prepare terreno para o clímax dessa batalha.

16.Utilize músicas para suas sessões, um som ambiente para os momentos de exploração e uma música agitada para os combates, assim criando o clima épico contra aquele monstro enorme. Os jogadores vibrarão quando tirarem um crítico “20!”.

17.Utilize props: imagens, mapas, miniaturas (podem ser de papel), tokens, grids de combate, etc. Enfim, tudo que ajude a imaginação dos jogadores.

18.Crie NPC’s memoráveis, interprete-os com vozes diferentes, sotaques, descreva características físicas como o bigode do taverneiro, os músculos do ferreiro e os olhos da elfa. Eles podem auxiliar, fornecer informações, acompanhar, vender equipamentos ou até mesmo trair os personagens.

19.Os personagens devem receber recompensas durante a campanha, além da XP, itens, equipamentos e artefatos mágicos.

bridge20.Evite com que os jogadores fiquem “soltos demais” e “perdidos”, sem saber o que fazer e pra onde ir. Oriente-os, converse com eles alertando sobre eventos que estão acontecendo na campanha em determinado local. Sugira recomendações de ações, se preciso.

21.Não deixe furos na história, anote os atos e evite esquecer de algo importante para o andamento da campanha.

22.Deve haver um acordo prévio com os jogadores: caso ele não compareça a alguma sessão, seu personagem poderá ser controlado por outro jogador? Conduzido como um NPC pelo mestre? Ou apenas ficará “descansando na taverna”?

23.E se um personagem morrer? O mestre pode definir ou entrar em acordo com seus jogadores. Um novo personagem pode ser criado e introduzido rapidamente na história. Ou o jogador pode controlar um NPC que seguia o grupo, etc…

24.Um ponto importante a se considerar e até adaptar seria a duração da campanha. Evite que ela se torne muito longa e cansativa. Talvez seja melhor jogar 3 campanhas do que 1 que dure mais de um ano…

25.Escolha um tema de campanha que agrade a todos, ou pelo menos, a maioria dos jogadores.

26.Será utilizado um cenário pronto (Forgotten Realms, Dark Sun, Ravenloft…) ou o seu próprio? Não se esqueça dos detalhes: um mapa, a capital, economia, guerras, geografia, etc…

27.Na campanha será banida a utilização de alguma raça e ou classe? Ou serão adicionadas algumas? O mestre pode conversar com seus jogadores.

28.Equilibre o jogo. Se os personagens conseguiram tesouros e ficaram poderosos demais, eleve o nível de desafio dos encontros, testes e desafios.

29.Permita que os jogadores sejam livres dentro da aventura. Se eles quiserem, por algum motivo, não seguir mais o caminho previsto, eles irão sofrer as consequências (exemplo: matar um NPC, deixar de seguir o vilão, não resgatar a princesa, etc). Mas isso não pode acabar com a estrutura de toda a campanha.

30.A campanha pode contar com momentos flashback ou até um prólogo flashforward. O personagem pode vivenciar um momento de seu passado, assim como pode se ver realizando os seus objetivos, e tudo isso pode ser jogável.

31.A interação dos personagens com os NPCs deve traçar a teia da trama, assim como as novelas, séries e filmes. Não deixe que essas relações fiquem muito vagas, nem muito complexas.

32.Controle a riqueza do grupo, evite que isso venha a estragar a história ou até o desafio das aventuras.

33.Controle o acesso aos equipamentos e itens. Os estoques dos vendedores são limitados. O vendedor do deserto não tem os mesmos recursos que os das grandes lojas da capital.

34.Há sempre um espaço para as pausas, caso a campanha se extenda demais, tire uns dias para reorganizar as idéias. Jogue um jogo de tabuleiro ou card game com seus jogadores. Façam comentários sobre as sessões…

35.Após o fim da campanha, será possível até escrever um pequeno livro ou conto sobre tudo. Isso ficará na memória de todos da mesa. Isso é gratificante.

36.Acidentalmente rolou um TPK? Já que todo o grupo está morto, por que não continuar a campanha? Agora, no reino dos mortos, em busca de suas almas. Isso pode render de 1 a 3 sessões.

37.Aliança com o mal: e se durante a campanha, os personagens precisassem realizar uma aliança com o vilão para vencerem um mal ainda maior? Talvez algo tão grande quanto o fim do mundo…

38.Preparou material para a campanha, porém, ela seguiu um caminho totalmente diferente? Não se preocupe, você terá a oportunidade para utilizar ou readaptar esse conteúdo em uma aventura ou campanha posterior.

39.Campanha do mal: e se os personagens fossem os vilões? As coisas poderiam se tornar interessantes…

40.A campanha deve ter um final digno de final de campanha. Os personagens resolvem suas motivações, cumprem seus objetivos, os objetivos do grupo ou os que surgiram na história. O vilão é derrotado. Mas o fim não precisa ser um fim, o vilão está realmente morto? Uma nova campanha pode se basear nessa. Talvez os filhos dos personagens sejam os protagonistas…

Deixe o seu comentário! Quais suas idéias para campanhas? Que outros posts “40…” você indicaria?

Anúncios
7 Comentários leave one →
  1. Miguel permalink
    abril 15, 2014 4:23 pm

    Gostei da 01, 15 e 39.
    Continue postando!

  2. Nakata DND permalink
    abril 15, 2014 4:25 pm

    Ótimas dicas! Obrigado!
    Você poderia postar mais miniaturas de personagens?!

  3. Sérgio Alagondar permalink
    abril 15, 2014 4:26 pm

    Vlw!
    E viva D&D 40!!!!!!!

  4. Robson Jharl permalink
    abril 15, 2014 4:26 pm

    Legal, não conhecia seu blog, parabens amigo

  5. Jimly Carlos permalink
    abril 15, 2014 4:28 pm

    “10.Mestre, elabore um diário de campanha, relatando os acontecimento importantes até o momento. Compartilhe com seus jogadores.”

    Essa eu passei a fazer agora também, em breve postarei no meu blog.

    Valeu

  6. Roberto Daniel S.J. permalink
    abril 15, 2014 4:37 pm

    38.Preparou material para a campanha, porém, ela seguiu um caminho totalmente diferente? Não se preocupe, você terá a oportunidade para utilizar ou readaptar esse conteúdo em uma aventura ou campanha posterior.
    Essa é uma otima dica para mestres que passam o tempo todo preparando coisas e os jogadores não colaboram muito. Thanks! ^^

  7. herman permalink
    março 1, 2017 11:25 am

    forme alianças com os npcs que aparecem pela campanha ! amigos e aliados são vitais para o crescimento físico , mental e mágico dos pcs !

Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: