Skip to content

Scarlet Heroes – RPG p/ 1 Jogador e 1 Mestre!

abril 2, 2014

SHScarlet Heroes: Sword and Sorcery Adventures for a Lone Hero – de Kevin Crawford; é um sistema de RPG que diferente de muitos, foca em aventuras com apenas 1 jogador e 1 mestre (“1 on 1”).
O background conta a história do mundo de Red Tide onde os últimos bravos guerreiros e magos estão num arquipélago conhecido como Sunset Isles e são a última esperança para proteger o mundo das ameaças e perigos do mal.

O sistema e a ficha são MUITO simples, lembram muito o OD&D, com algumas poucas diferenças.
A criação de personagem é rápida podendo ser terminada em poucos minutos bastando apenas:
– Rolar os 6 atributos básicos (Strenght, Dexterity, Constitution, Intelligence, Wisdom e Charisma);
– escolher um conceito de herói;
– uma classe (Cleric, Fighter, Magic-User ou Thief);
– e seu background.

No jogo todos os personagens jogáveis são humanos, qualquer outra raça é tratada como “monstro”.
Clerics e Magic-Users preparam as magias de maneiras diferentes, o Thief tem sua furtividade e o Cleric o expulsar mortos.
Os testes são feitos quando o mestre julgar necessário e as rolagens utilizam o bônus das habilidades que melhor convém à situação.
E essas são as características do sistema que encontrei e achei que elas podem fazer a diferença na aventura do herói solo:
ATACANDO: quando o herói ataca, ele soma os seus bônus básicos + a AC (armor class) do inimigo e se o resultado der 20+ o ataque foi efetivo (ou seja: quanto menor o número, melhor a AC).
– Essa regra pode aumentar a % de acerto dos ataques evitando combates cheios de falhas ou até uma morte por falta de sorte.
FRAY DIE: todos os heróis, e somente eles, têm um número de “fray die’s”, dependendo do level, garantindo que eles possam gastar uma ação para causar dano automaticamente em um inimigo dentro do alcance.
– Regra que favorece o herói solo, equilibrando os combates e fazendo com que ele elimine rapidamente inimigos em maior número ou inimigos inferiores.
MORAL: de 2 a 12, NPCs e criaturas têm um número de moral; quando estiverem perdendo uma batalha, devem rolar e dependendo do resultado, o restante dos perdedores fugirão do combate.
– A moral evita combates monótonos onde não há mais desafio ou chances do herói perder.

CONSIDERAÇÕES FINAIS:
Apesar de ser apenas um guia rápido, Scarlet Heroes não apresenta nada de espetacular que possa considerá-lo como o “milagre do RPG 1 on 1”.
Qualquer outro sistema poderia ser adaptado facilmente para uma sessão dessas.
No mais, se quiserem fazer os test-drive do sistema, você pode conseguí-lo grátis neste link.

E vocês, já jogaram uma sessão de “RPG 1 on 1”?

Anúncios

Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: