Skip to content

Reporte de Campanha D&D 4E: Dark Sun – Sessão 03

março 28, 2011

Dark Sun - Belgoi

Saudações pessoal! Depois de um tempo, conseguimos nos reunir novamente para dar continuidade à campanha de Dark Sun, acompanhem agora o resumo dos acontecimentos da terceira sessão que ocorreu no dia 26 de março de 2011.

Personagens:

Bharash, Dray Guerreiro – Gladiador (Flávio)

Ka’Chai, Thri-Kreen Monge – Adepto Nobre (William “Cabuk”)

Kay, Wilden Xamã – Guardião Primitivo (Bruno “Lima”)

Immeral, Eladrin Seeker – Aliança Velada (PdM)

Aram, Mul Psion – Aliança Velada (PdM)

1.0 Os personagens recebem a premiação do evento na arena de Tyr e aos poucos já vão sentindo um pouco de fama entre os cidadãos.

2.0 O mul Aram leva o grupo para sua casa, onde seu pai lidera uma ordem da Aliança Velada; explica a má situação em que eles estão e pede ajuda para resgatar o irmão que ficou preso dentro de um templo na última expedição. Porém, há um “pequeno” problema: ele está no Plano do Caos Elemental.

2.1 Todos se preparam para a viagem de um dia em direção às montanhas do norte enquanto o pai de Aram lhe entrega o pergaminho e os materiais necessários para abrir o portal.

2.2 Na cidade, os guardas do rei Tithian espalham cartazes: “Jossi, a malabarista – Procurada viva! Paga-se recompensa!” (Há algumas semanas, assim que chegaram em Tyr, o grupo foi assaltado pela gangue de elfos ladrões-assassinos liderados por ela).

3.0 A viagem ocorre sem grandes problemas… até chegarem numa fenda entre as montanhas (local onde estaria o antigo templo que desabou) e ouvirem sons de sinos… Eles são atacados por uma tribo de Belgois e alguns Aarakocras!

Os Belgois são conhecidos por encantarem e devorarem suas vítimas após a morte. Em sua cultura, o poder da criatura ingerida é absorvido e o mais forte e respeitado é o que mais carne já consumiu.

O grupo luta enquanto protegem Aram que prepara o ritual de abertura do portal.

4.0 O portal é aberto com sucesso; porém, os PdJ’s têm apenas alguns minutos para resolverem um enigma com os elementos, abrirem os portões, encontrarem o irmão de Aram e saírem dali.

O Plano do Caos Elemental é realmente muito caótico: os quatro elementos comuns se misturam formando montanhas com rios de lava eletrocutados e tornados de fogo!

Enigma (em dracônico):

O primeiro elemento é o que cria a vida;

o segundo o que a suporta;

o terceiro o que a espalha;

e o quarto o que a destrói.”

Enigma - Elementos

Os elementos estavam representados por simbologias antigas em placas que deveriam ser pressionadas na ordem em cima de um altar. Eu coloquei um cronômetro com 20 minutos para a resolução ou o portal se fecharia (os jogadores ficaram “pilhados!”). Testes de perícia foram necessários para descobrir cada elemento e com uma falha, cinco minutos seriam descontados.

Bharash foi o que tentou por três vezes e errando duas seqüências foi castigado com labaredas escaldantes!

E no final, faltando apenas UM minuto, o grupo acerta a seqüência!

Resolução: Água, Terra, Ar e Fogo.

4.1 Portões se abrem, no final de um corredor o mul desmaiado é resgatado e todos retornam para a cidade de Tyr.

“… continua na próxima sessão!”

Confira as Fotos da Sessão (por “Fronteira Nerd” – Flávio)

Siga o EK no Twitter: @epickingdomrpg
Deixe suas perguntas e dúvidas: formspring.me/epickingdomrpg

 

Anúncios

Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: