Skip to content

8 Características de Athas (Dark Sun)

janeiro 10, 2011

Dark Sun

1. O Mundo é um Deserto

Athas é um planeta quente e árido coberto por infinitos mares de dunas, pedras, montanhas, vegetação espinhosa e coisas piores. Desde os primeiros momentos do amanhecer, o sol vermelho bate de um céu tingido de verde-oliva. A temperatura varia de 37ºC podendo chegar a até mais de 60ºC no fim da tarde. O vento é como um sopro de um forno, não oferecendo nenhum alívio do calor opressivo. Poeira e areia trazidas pelo vento colorem tudo com um amarelo-alarajado.

Neste mundo esquecido, cidades e vilarejos existem somente onde ainda restam alguns oásis e planícies verdejantes. Alguns lugares não vêem a chuva há anos e até em regiões férteis, a chuva é apenas um pouco mais do que uma névoa úmida que cai durante algumas semanas a cada ano antes de dar lugar a longos meses de calor e seca. O mundo através dessas ilhas de civilização é um deserto onde vagam nômades, assaltantes e monstros famintos.

Athas nem sempre foi um deserto, e a paisagem seca é cheia de ruínas de um mundo que já foi muito rico em rios e mares. Pontes antigas sobre os cursos de água secos e cais de pedras que enfrentam mares de areia contam uma história de um mundo que já não existe mais.

2. O Mundo é Selvagem

A vida em Athas é curta e brutal. Assaltantes com sede de sangue, escravos gananciosos e hordas de inumanos selvagens percorrem os desertos. As cidades são um pouco melhor; cada uma nas mãos de um tirano. A instituição da escravidão é generalizada em Athas, infelizes passam a vida nas cadeias, trabalhando. Todos os anos centenas de escravos, talvez milhares, são enviados para a morte na arena de espetáculos sangrentos. Caridade, compaixão, bondade… essas qualidades existem, mas elas são raras e preciosas. Somente um tolo tem esperanças de tais riquezas.

3. Metal é Escasso

A maioria das armas e armaduras são feitas de ossos, pedras, madeira e outros tipos de materiais. Armaduras de metal existem somente entre os tesouros dos reis-feiticeiros. Lâminas de aço são inestimáveis, armas que muitos heróis nem chegam a ver durante suas vidas.

4. Magia Arcana Destrói o Mundo

O uso imprudente da magia arcana durante guerras antigas reduziram Athas a um deserto. Para conjurar uma magia arcana, é necessário do poder da vida a sua volta. Plantas murcham, pessoas e animais sofrem dor incapacitante e no solo fértil, mais nada cresce ali novamente. É possível conjurar magias com cuidado, preservando o mundo e evitando mais danos, mas destruir concede mais poder do que preservar. Como resultado, feiticeiros,magos e outros conjuradores arcanos são perseguidos por toda Athas independentemente do estilo de magia. Somente os mais poderosos conjuradores podem deter poder arcano sem medo de represálias.

5. Reis Feiticeiros Governam as Cidades-Estados

Destruidores de imenso poder dominam todas as cidades-estados. Esses poderosos conjuradores têm mantido o trono por séculos; ninguém se lembra do tempo antes dos reis-feiticeiros. Alguns afirmam serem deuses, outros servirem aos deuses. Alguns são opressores brutais, onde os outros são mais sutis em sua tirania.

Os reis-feiticeiros governam através de sacerdotes ou burocratas gananciosos, templários ambiciosos, profanadores menores que podem recorrer aos poderes do rei. Somente a cidade de Tyr é um vislumbre de acenar para a liberdade, e forças poderosas já conspiram para extingui-lo.

6. Os Deuses estão em Silêncio

Há muito tempo, quando o planeta era verde, o poder brutal dos primordiais superou os deuses. Hoje, Athas é um mundo sem divindades. Não existem clérigos, paladinos, profetas ou religiões. Os templos antigos estão em ruínas, testemunha de um tempo em que os deuses falavam com o povo de Athas. Nada é ouvido agora, a não ser o suspiro dos ventos do deserto.

Na ausência da influência divina, outros poderes surgiram pelo mundo. O poder psiônico é muito conhecido e praticado em Athas; até os monstros sem inteligência do desertos têm habilidades psiônicas mortais. Xamãs e druidas clamam pelo poder primitivo do mundo, que são esculpidos pela influência do poder elemental.

7. Monstros Ferozes Rondam o Mundo

O planeta deserto tem sua própria ecologia mortal. Athas não tem gado, porcos ou cavalos; no lugar, as pessoas cuidam de rebanhos de erdlus, montam em kanks ou crodlus e utilizam para puxar carga os inixes e mekillots. Criaturas selvagens como leões, ursos e lobos não existem. No lugar, existem horrores como os id fiends, o baazrag e o tembo. Talvez o ambiente inóspito de Athas crie criaturas duras e cruéis o suficiente para sobreviver, ou talvez o toque de feitiçaria antiga tenha envenenado as fontes da vida e infectado os monstros neste mundo agonizante. De qualquer maneira, os desertos são perigosos, e só um tolo ou um louco percorreria sozinho.

8. Raças Familiares não são o que você Imagina

Estereótipos de fantasia típica não encaixam aos heróis athasianos. Em muitos cenários de Dungeons & Dragons, o elfos são sábios benevolentes habitantes da floresta que guardam suas terras de invasões do mal. Em Athas, os elfos são uma raça nômade de assaltantes, invasores, traficantes e ladrões. Halflings não são gentis, eles são xenofóbicos canibais que caçam e matam os que entrarem em suas florestas e montanhas. Golias ou meio gigantes, como são conhecidos normalmente, são mercenários brutos que servem à elite dos guardas e reforços dos reis-feiticeiros e seus templários em muitas cidades.

Dark Sun Logo

Siga o EK no Twitter: @epickingdomrpg
Deixe suas perguntas e dúvidas: formspring.me/epickingdomrpg

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. janeiro 11, 2011 7:00 am

    VlW Trevi, otima explicação, rápida e sucinta sobre o cenário de Dark Sun, será usado como referencia as minhas explicações de mesa!!

    vlW (y) Thay.Narrador

    • Edu "Trevi" permalink*
      janeiro 11, 2011 2:06 pm

      Na verdade foi uma tradução minha de uma matéria do site da Wizards (que também é a introdução do Dark Sun Campaign Setting). Mas a idéia era essas mesmo, ajudar… 🙂

  2. Patesi permalink
    janeiro 23, 2011 11:45 pm

    Boa, mesmo, a matéria. Principalmente para quem não está familiarizado com a ambientação.

Trackbacks

  1. Reporte de Campanha D&D 4E: Dark Sun – Sessões 01 e 02 « Epic Kingdom RPG – Dungeons & Dragons

Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: