Skip to content

Reporte de Sessão: Fortaleza no Pendor das Sombras

agosto 19, 2010

Goblin "Dente-de-Ferro"Sábado 14 de agosto de 2010. Novo grupo reunido, com um jogador iniciante, eu tive a missão de mostrar a 4ª edição para alguns e o RPG para outro, ao mesmo tempo.

Como eu não gosto de mestrar aventuras prontas, peguei a Fortaleza no Pendor das Sombras, mas mudei algumas coisas e adaptei para ter a duração de uma sessão.

Personagens:

Os jogadores utilizaram os personagens prontos da aventura e rapidamente elaboraram um background simples.

Victorius, meio-elfo clérigo de Bahamut (Lucas)

Clérigo da grande igreja de Vila Branca. Seguidor do deus dragão Bahamut.

Philip, halfling ladino. (William)

Ladrão nômade, um dia foi pego roubando os dízimos da igreja de Vila Branca. Com o tempo, foi reeducado e passou a viver por ali mesmo.

Dalin Kalin, anão guerreiro de Moradin (Flávio)

Guerreiro que mora há tempos em Vila Branca, faz suas orações à Moradin na grande igreja (centro religioso para todos os deuses).

Erack, draconato paladino de Bahamut (Bruno)

Paladino protetor da grande igreja de Vila Branca. Seguidor de Bahamut.

“Há muito tempo o antigo império de Nerath lutou contra as hordas de Orcus, o príncipe dos demônios e conseguiu selar a fenda.

Cem anos depois, um culto pretende reabrir a Fortaleza no Pendor das Sombras e libertar o mal novamente. Se isso acontecer, o Abrigo de Inverno e todo o reino estarão com os dias contados!

Recentemente, um sacerdote chamado Kalarel foi visto nas redondezas da fortaleza e os monstros estão atacando fazendeiros ou qualquer um que se distancie do cerco.

Sabendo disso, Marla da Grande Igreja reúne os heróis e pede que eles sigam para o Abrigo de Inverno numa investigação.”

Fortaleza no Pendor das Sombras

– Seguindo pela Estrada do Rei, o grupo é surpreendido por kobolds escondidos atrás de grandes pedras e aclives das colinas, porém, eles são eliminados rapidamente.

– Chegando ao Abrigo de Inverno, Erack segue para a estalagem, Kalin e Philip para a praça do mercado e Victorius para a torre, todos em busca de informações. Os moradores reconhecem o problema dos ataques dos monstros, mas parece que ninguém ouviu falar o nome de Kalarel antes.

– Com um pouco de insistência, Valthrun o dono da torre confirma a história de Marla, acolhe os PdJ’s por uma noite, conta a história da fortaleza e ajuda com o paradeiro de Kalarel: A Fortaleza no Pendor das Sombras.

Do outro lado, Erack consegue uma elfa-guia na hospedaria, um tanto intrigante, porém, ela acaba levando todos em direção à suposta fortaleza.

– A elfa de cabelos negros apresentada como Ninaran, atrai os heróis para um “atalho” numa caverna debaixo de uma cachoeira, colocando-os numa emboscada contra kobolds e o líder goblin Dente-de-Ferro. Mesmo com um companheiro em risco debaixo da mira do arco de Ninaran, os PdJ’s avançam, Victorius é ferido gravemente, mas eles conseguem superar mesmo com dificuldades contra o resistente goblin.

O grupo recolhe os tesouros, descansa ali mesmo e depois partem para a fortaleza.

Fortaleza no Pendor das Sombras

– O local está em ruínas, os heróis descem por uma clareira e logo na entrada, uma brisa fria, mau-cheiro e escuridão. Philip segue em furtividade e agarra um goblin, mais são alertados e um combate se inicia. Erack cai numa armadilha num fosso e é atacado por ratos ferozes.

– Seguindo por corredores à esquerda, Kalin pisa numa runa do terror que alerta mortos-vivos e mais uma vez todos são atacados. O combate demora, mas é superado.

– Os heróis encontram uma cripta e a tumba de Sir Keegan, o ex-paladino comandante da fortaleza; o encontro é resolvido com diplomacia e eles descobrem a entrada para o andar inferior do local.

– Desta vez, um salão com um gigante de pedra, duas estátuas de dragões e quatro de querubins com jarros (armadilhas). Os PdJ’s conseguem a proeza de cair em todas… Erack sofre e quase se afoga, se Philip não tivesse desarmado as estátuas…

– Abrindo uma porta dupla, uma grande batalha se inicia numa catedral. Cultistas e crias vampíricas atacam! Os PdJ’s partem em investida! Victorius combate os vampiros, Erack e Kalin pulam, mas acabam caindo num fosso de sangue. Philip tenta ajudar… mas no final acabam todos lá embaixo.

Já é tarde, os heróis estão muito feridos, alguns inconscientes e o pior: se encontram num pesadelo perante Kalarel, o sacerdote de Orcus!

A Fenda das Sombras– O combate final se inicia! Todos podem ver as conseqüências do ritual: um portal negro domina a parede norte da sala, alguma criatura se movimenta na escuridão do outro lado, muito sangue pelo chão e uma enorme estátua de um demônio completam a decoração da fenda das sombras.

Victorius mostra sua fé em Bahamut e levanta seus companheiros contra Kalarel e alguns esqueletos.

Mas o sacerdote é muito poderoso e consegue completar o ritual durante o combate, a criatura rompe o selo antes posto pelos magos de Nerath, se torna enorme e engole toda a sala numa nuvem de escuridão infinita!

E agora? O que acontecerá com o Abrigo de Inverno? Qual será o destino de todo o reino? O selo foi rompido e a fenda foi aberta novamente. As hordas de Orcus foram libertadas. O mundo precisa de novos heróis!

Minhas considerações sobre a sessão:

A sessão durou pouco mais de 5 horas e o final foi adaptado pois tivemos que encerrar o jogo por intervenções maiores. Percebi que os jogadores tiveram um pouco de dificuldade com algumas mudanças da nova edição, mas com o tempo, todos vão pegando o jeito (incluindo eu).

Pontos Negativos:

– Os jogadores estavam lentos para declararem suas ações e isso resultou numa demora na sessão e queda de ritmo.

– Talvez por não terem criado e sim escolhido dos prontos, os jogadores não se apegaram aos seus personagens, muitas vezes agiram sem pensar, realizaram ações loucas somadas com a falta de sorte nos dados resultou neste final.

Pontos Positivos:

– Apesar de tudo, o ladino desarmou armadilhas, o clérigo curou, o guerreiro e o paladino lutaram bravamente. O iniciante Lucas se saiu muito bem mesmo não tendo pego um personagem “fácil” de se jogar.

É isso, a Fortaleza no Pendor das Sombras mostrou o seu espírito. Para a próxima, novos personagens e o início de um Novo Horizonte

Siga o EK no Twitter: @epickingdomrpg
Deixe suas perguntas e dúvidas: formspring.me/epickingdomrpg

Anúncios
5 Comentários leave one →
  1. agosto 20, 2010 1:44 pm

    Muito boa essa adaptação para 1 única sessão. E ocorreu a ideia de jogar as próximas aventuras? Pretende adaptá-las também?

    • Edu "Trevi" permalink*
      agosto 20, 2010 2:51 pm

      Olá LDrow!
      Mestrei essa aventura mais pra dar uma introdução mesmo à 4E pro pessoal… E como quero começar logo uma campanha, era essencial que a Fortaleza no Pendor das Sombras terminasse em uma sessão.

      Vamos ver agora no que dá… Se o pessoal topar, posso adaptar o Labirinto da Espiral do Trovão durante a campanha… (e pretendo a Tomb of Horrors tb!)

      Obrigado pela visita e comentário! 😀

  2. agosto 20, 2010 5:40 pm

    Ótima sessão cara! Final tenso. No início tem que dar um desconto para os jogadores mesmo. Valeu edu, abraço.

    • Edu "Trevi" permalink*
      agosto 20, 2010 6:03 pm

      Haha! Os jogadores são experientes (não na 4ª edição), mas agora não tem mais “proteção do mestre”…

  3. gabriel permalink
    outubro 2, 2012 2:06 pm

    cara mt bom estou jogando sua adptação gostei pra caramba

Deixe o seu comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: